Casa de Julia Child se transforma em retiro de culinária

Localizado na Provence, o lugar também será voltado para a prática de yoga.

Doze anos após sua morte, a americana Julia Child segue firme como uma grande referencia para a culinária francesa. Essa mulher foi muito mais do que uma simples apresentadora de programa de culinária na tv americana. Após se mudar para França, para acompanhar o marido militar, matriculou-se na Le Cordon Bleu e, em pouco tempo, causou uma revolução com seu jeito divertido e original de falar sobre o assunto. Escreveu livros de sucesso, entre eles o imperdível Mastering the Art of French Cooking (Dominando a Arte da Culinária Francesa), considerado uma bíblia da culinária e virou mania nacional com seus programas de tv.

Sua história é contada no filme Julia & Julie, lançado em 2009 e protagonizado por Meryl Streep. O filme mostra claramente como essa mulher mudou a maneira de cozinhar e de comer dos americanos. Amo esse filme e após assisti-lo também me apaixonei por Julia. No ano passado prestei uma singela homenagem, batizando minha tão sonhada Kitchenaid amarela com seu nome.

Muito bem, a casa na Provence, onde Julia Child viveu foi comprada por uma estrategista de negócios de 30 anos de idade que vai transformar o lugar em um retiro de culinária, yoga e relaxamento. Projeto fantástico!

Batizada por Julia como La Pitchoune (a pequena) a casa será preservada em toda a sua essência e será aberta para convidados e voluntários agora no mês de maio. O primeiro retiro é previsto patra 2017. Makenna Johnston, a compradora do imóvel, quer que ele seja um lugar onde as pessoas possam redescobrir a ideia de como fazer uma boa refeição em casa, ao invés de jantar ou almoçar fora. Em entrevista ao Boston Globe, ela falou sobre seu projeto: “Nosso objetivo é trazer boa cozinha de volta na vida de tantas pessoas que gastam muito dinheiro e tempo para sair e comer, sendo que podem trazer este habito de volta para as suas casas, transformando o ato de cozinhar em algo divertido”.

A nova dona do lugar

Makenna Johnston é uma americana de apenas 30 anos. Em entrevista à revista Vogue americana, Makkena contou que, em novembro de 2015, decidiu comprar a casa por não suportar a ideia de que algum aventureiro desinformado o fizesse, sem qualquer preocupação de preservar a história que ela abriga.

Ela nasceu no Colorado, filha de um executivo do ramo de fast-food e uma mãe enfermeira. Cresceu em uma família que sempre soube apreciar a boa comida. Apaixonados pela culinária francesa, ela provou um escargot na manteiga de alho e ervas quando tinha apenas 4 anos e segundo seu próprio relato, a experiência transformou sua vida, e seu paladar. “Abriu-se todo esse mundo para mim”, relembra.

Depois disso, ainda criança, começou a assistir no canal americano PBS, as reprises do programa The French Chef, apresentado por Julia Child. Paixão imediata!

Makenna é uma bem sucedida estrategista de negócio, trabalha como coach e tem uma surpreendente história de vida. Em 2012, aos 26 anos, foi diagnosticada com um Melanoma maligno. Passado o susto de ver a morte bem próxima, ela fez uma lista de prioridades e seguiu em frente, vivendo intensamente. Em apenas um ano, esgotou sua lista e hoje, seu histórico profissional é invejável. Trabalhou como consultora empresarial para as empresas Fortune 500, deu aula em três universidades, se formou como professora de yoga, trabalhou como doula auxiliando dezenas de grávidas e casou-se com o amor de sua vida. Nos últimos dois anos, treinou mais de 200 executivos. De onde vem tanta energia? “Quando você pensa que pode morrer, você viver a vida de maneira rápida e furiosa”, explica ela em seu site oficial.

Julia Child viveu nesse lugar de 1963 até início dos anos 90. Em 1993 ela foi vendida e transformada em uma escola de culinária. E agora, o novo projeto promete ser ainda mais atraente. É incrível pensar que uma propriedade que abriga tantas histórias agora vai se transformar em um destino para gourmands de todo o mundo. A nova proprietária tem uma maneira encantadora de encarar a vida. “A vida é a sua visão, o mundo está esperando”, escreve ela em seu site. Já que o mundo me espera, coloquei essa experiência em minha lista de lugares pra conhecer antes de morrer. Quem sabe em 2017 eu não apareço para a inguração oficial?

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: TopTenRealEstateDeals.com e makennajohnston.com