Meu armário de especiarias, meu tesouro

Meu armário de especiarias, meu tesouro

Todo mundo tem seus pequenos tesouros guardados em casa. Uns têm paixão por um tapete, outros colecionam objetos de arte, jovens enlouquecem comprando action figure, licores, carrinhos, e por ai vai. O meu tesouro é meu armário de especiarias. Quanto mais entendo de comida, mais me encanto com as as infinitas possibilidades que elas oferecem pra quem busca um sabor com personalidade.

Comecei modestamente, a long long time, com meia dúzia de vidrinhos com ervas e os temperos mais básicos. Depois disso me interessei em ler sobre o assunto, me encantei.

Os amigos mais íntimos, aqueles que sabem como sou quando me encanto por algo, começaram a me presentear especiarias trazidas dos quatro cantos do mundo. E eu nunca mais parei de provas coisas novas e desconhecidas. O resultado é esse armário que já foi “reformulado” duas vezes para comportar mais potinhos.

Quando essa portinha se abre, os aromas se espalham pelo ambiente – todos misturados – e a cozinha desperta, se ilumina e ganha vida.

Descobri que o talento de misturar especiarias e incorporá-las a um prato, nos dá o poder de encantar as pessoas com um algo mais que poucos conseguem definir. Cozinhar é praticar a arte de despertar os sentidos, aromas e sabores.

Uma pitada de páprica, um punhadinho de açafrão, algumas ervas, um toque apimentado, uma nota de cítrico, um charminho mais frutado… pronto, sua comida agora tem alma, personalidade, tradição. Essa alquimia vai despertar a deliciosa emoção de caminhar por diferentes lugares do mundo, através do sabor.

Meu armário de temperos faz sucesso. Vários amigos babam ao conhecê-lo, e alguns até copiaram a ideia, e passaram a guardar esse tesouro em um lugar especial de suas cozinhas. E eu continuo estudando sobre ervas e temperos… e meu tesouro aumenta a cada dia.