Uma receita e uma história: Rosácea de Saint Peter e Pepino

Rosácea de Saint Peter e Pepino

Rosácea de Saint Peter e Pepino

Esta entrada é perfeita para um dia de verão. Fresca, cítrica e de rápido preparo. Mas antes da receita, que está no final do post, aqui vai a historinha desse peixe, o Saint Peter, que ficou muito popular aqui no Brasil.

St Peter’s – O peixe do milagre de Jesus

Lembro que quando conheci o mar da Galiléia, ouvi falar sobre o “peixe de São Pedro”. Todo mundo por lá come esse prato, que é um dos mais populares entre nativos e turistas. Essa tradição da culinária foi inspirada na Bíblia (Mateus 17:24-27), numa passagem que relata um dos milagres de Jesus e é conhecida como “a moeda na boca do peixe”.

“Logo que chegaram a Cafarnaum, aqueles que cobravam o imposto da didracma aproximaram-se de Pedro e lhe perguntaram:
Teu Mestre não paga a didracma?
Paga sim!, respondeu Pedro.
Mas, quando chegaram a casa, Jesus preveniu-o, dizendo: Que te parece, Simão? Os reis da terra, de quem recebepeixem os tributos ou os impostos?
Pedro respondeu: Dos estrangeiros.
Jesus replicou: Os filhos, então, estão isentos mas, não convém aborrecê-los. Vai ao mar, lança o anzol e ao primeiro peixe que pegares, abrirás a boca e encontraras um ‘estatere’. Toma-o e dá-o por Mim e por ti.”
(*estatere é a moeda da época, equivalente a duas dracmas).
Pedro fez o que Jesus havia dito e o milagre aconteceu: ele encontrou o dinheiro bem ali, na boca do peixe.

Os guias de turismo da Terra Santa dizem que o peixe da historia é o musht (tilápia Galiléia) ou o peixe de São Pedro.

Os pescadores explicam que, no passado, a tilápia encontrada para consumo era pequena, tinha espinhos e um gosto de barro. Graças a muitas pesquisas e melhorias adotadas no seu cultivo, ela ganhou qualidade, o sabor de barro sumiu e seu preço ficou muito acessível.

A receita original da Galiléia é de peixe frito, acompanhado por lentilha, azeite e legumes como couve-flor, cebolas e repolho. Vamos a receita!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rosácea de Saint Peter e Pepino
Classificação: entrada Grau de dificuldade: médio Tempo médio de preparo: 20 minutos + 1h de refrigeração
Avalie este Receita
Imprimir
Ingredientes
  1. Filet de Saint Peter - 400 g
  2. Limão Siciliano (raspas e suco) - 2 unidades
  3. Azeite extravirgem – o quanto baste
  4. Folhas de hortelã cortadas em julienne - 6-8 unidades
  5. Pepino caipira - 1 unidades
  6. Tomatinho cereja - 8 unidades
  7. Cebola roxa cortada em julienne - 1 unidade
  8. Folhas de radicchio - 4 unidades
  9. Folhas de alface frisée - 4-5 unidades
  10. Cebolinha verde - 2 talos
  11. Flor de sal para decoração - o quanto baste
  12. Sal e pimenta-do-reino - o quanto baste
Instruções
  1. Embale os filés de Saint Peter com um filme plástico e reserve-os no congelador por aproximadamente 30 minutos. Dessa maneira eles ficarão mais firmes para serem finamente fatiados.
  2. Rale as cascas dos limões Sicilianos e reserve as raspas.
  3. Corte os limões ao meio e esprema-os para obter o suco. Num mesmo bowl emulsione esse suco com azeite, tempere com sal, pimenta-do-reino, agregue a julienne das folhas de hortelã e as raspas de limão Siciliano. Reserve sob-refrigeração.
  4. Corte o pepino em finas fatias utilizando uma mandoline ou uma faca.
  5. Corte também os filés de peixe em finíssimas fatias com delicadeza como se fossem para sashimi.
  6. Monte rosáceas em pratos rasos intercalando as fatias de pepino e peixe.
  7. Deixe um “buraco” no centro.
  8. Tempere-as com parte da quantidade do molho de limão Siciliano e hortelã e pimenta-do-reino moída na hora.
  9. Cubra com filme plástico e guarde na geladeira por 30 minutos.
  10. Corte os tomatinhos cerejas ao meio, a cebola e o radicchio em julienne, quebre as folhas de frisée e pique os talos de cebolinha verde.
  11. Junte tudo num mesmo bowl e tempere com o restante da quantidade do molho de limão Siciliano e hortelã.
  12. Retire os pratos da refrigeração e preenche os “buracos” com esse mistura. Aproveite e tempere mais um pouco todo o conteúdo.
  13. Finalize com flor de sal.
Vamos Falar de Comida! http://vamosfalardecomida.com.br/

Consultoria: Phiroza Gastronomia
Fotos: Vinicios Costa

Comments

comments