Salmorejo um refrescante creme espanhol, servido frio

1Salmorejo é um prato típico espanhol, mais precisamente de Córdoba, na Andaluzia. Muitos dizem que ele é igual ao gaspacho, porém com uma textura um pouquinho mais grossa e ingredientes diferentes. Fizemos este prato em nossa reunião de ontem, e eu achei bem mais saboroso e mais leve que o gaspacho.

Tradicionalmente ele leva ovos por cima, mas nosso chef Rosny optou por servi-lo com croutons e chips de presunto cru.

O primeiro registro desse prato é explicada no tradicional Dicionário de Autoridades da Real Academia Espanhola. Considera-se que o antecessor do salmorejo é a Mazamorra, uma sopa fria combinada com legumes fritos, com uma receita muito semelhante, que era um alimento básico para as tropas romanas, que aparentemente eram verdadeiros especialistas neste tipo de receita com a consistência de um purê mais líquido. O livro explica ainda É indiscutível que as origens deste prato são humildes. Nas Ilhas Canárias é comum encontrar um prato chamado Coelho com Salorejo, que neste caso é servido como um molho.

Com o tempo, o prato se tornou popular entre os trabalhadores das colheitas de azeitona da Andaluzia, que o preparavam com o pão do dia anterior.

2Após o XVII, com a chegada dos tomates na Espanha, o Salmorejo substituiu o Mazamorra Salmorejo nos olivais. Um dado curioso é que, até então, o tomate era conhecido apenas como uma planta ornamental.

O Salmorejo tradicional é feito apenas de tomates, migalhas de pão, azeite, vinagre Montilla, alho e sal. Porém existem infinitas variedades do mesmo prato.

O que se diz na Andaluzia é que cada pessoa tem seu momento e maneira especial de preparar o salmorejo. Cada um com sutis diferenças de textura, acidez, quantidade de alho e espessura.

A receita é tão importante para os espanhóis que existe uma confraria dedicada em promove-lo ao redor do mundo, muitos livros publicados contando a história do prato e até um dia do ano, especialmente dedicado para comemorar esse prato: 24 de abril, El Dia de Salmorejo.

Em Córdoba é muito comum ouvir alguém dizer: “O melhor Salmorejo é o da minha mãe.”
Vamos à receita!

Salmorejo
Tempo médio de preparo: 60 min + 20 min Classificação: entrada Grau de dificuldade: fácil Rendimento: 8 porções
Avalie este Receita
Imprimir
Ingredientes
  1. Tomate Débora sem pele e sementes - 8 unidades
  2. Alho - 1 unidade
  3. Pão italiano ou outro de sua preferência - 280 g
  4. Cebola roxa - ½ unidade
  5. Azeite extravirgem - 240 ml
  6. Vinagre de vinho tinto - 30 ml
  7. Sal e pimenta-do-reino – O quanto baste
Para decorar
  1. Fatias de presunto cru tostadas - 5 unidades
  2. Croutons, pequenos pedaços de pão, frito ou assado em azeite ou manteiga. Para esta quantidade você vai precisar de 5 fatias de pão.
MODO DE PREPARO
  1. Num mesmo bowl junte os tomates, o dente de alho, o pão (cortado em pedaços grosseiros) e a cebola. Cubra com água quente e reserve por 1 hora.
  2. Posteriormente, drene os sólidos reservando 250 ml desse liquido. Aperte bem os pães para remover a água.
  3. Transfira os sólidos para um processor e bata com a água reservada, o azeite e o vinagre. Processe até obter um creme aveludado. Tempere-o com sal e pimenta-do-reino e reserve sob-refrigeração.
  4. Ao servir decore com azeite, croutons e crispies de presunto cru.
  5. Sirva gelado!
Adapted from Rosny Gerdes / Phiroza Gastronomia
Adaptado por Rosny Gerdes / Phiroza Gastronomia
Vamos Falar de Comida! http://vamosfalardecomida.com.br/

Consultoria: Phiroza Gastronomia
Fotos: Vinicios Costa